http://www.oesteatual.com/site/images/slide/ban-slide-wide-001.jpg

CLIPPING

ufob 7393 0897dcde4c o

O Ministério da Educação divulgou, nessa segunda (27), os Indicadores de Qualidade da Educação Superior das instituiçõesbrasileiras referentes ao ano de 2016. Na Bahia, a UFOB ficou com a terceira nota mais alta (3,0714), atrás apenas da UFBA (3,6627) e Uesc (3,2309). A Universidade também foi classificada na faixa de excelência, com nota 4 no Índice Geral de Cursos (IGC), que vai de 1 a 5.

O IGC é um indicador de qualidade do MEC que analisa os conceitos dos cursos de graduação avaliados, por meio do Conceito Preliminar de Cursos (CPC). Também leva em consideração a nota dos programas de pós-graduação (mestrado e doutorado), dadas pela Capes, e a nota do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Uma das mais novas Universidades do País, a UFOB oferta 30 cursos de graduação nos municípios de Barra, Barreiras, BomJesus da Lapa, Luís Eduardo Magalhães e Santa Maria da Vitória, duas pós-graduações Stricto Sensu e três Lato Sensu. O ingresso ocorre unicamente pelo Enem/SiSU, com 50% das vagas reservadas para estudantes de escolas públicas e cota para quem estudou integralmente o Ensino Médio em 80 municípios baianos distantes até 150km dos campi.