http://www.oesteatual.com/site/images/slide/ban-slide-wide-001.jpg

gremio 85auNklXFDfTDoNt

O Grêmio sagrou-se campeão da América pela terceira vez, no estádio La Fortaleza, com uma histórica vitória por 2 a 1 sobre o Lanús, em solo argentino, nesta quarta-feira (29). Luan, que tem sido um dos destaques do time nos últimos tempos, deixou adversários no chão e tocou por cima do goleiro Andrada, fazendo um autêntico golaço. Fernandinho também fez o dele. O Lanús descontou com Sand, de penalty, mas não evitou a conquista do tricolor gaúcho. A festa da torcida começou antes do fim do jogo, e permanece até a manhã desta quinta-feira nas ruas de Porto Alegre, com uma interminável carreata. Com a conquista o Grêmio empata com o Santos e o São Paulo, com três títulos continentais, cada.

O presidente do clube, Romildo Bolzan, prometeu mandar produzir uma estátua para o ídolo máximo do clube, Renato Gaúcho, técnico vencedor desta edição da competição. Renato também foi campeão atuando como jogador, em 1983.

Um fato curioso foi protagonizado pelo jogador Leo Moura, que atuou por dez anos no Flamengo e saiu chateado do clube carioca. Ele, no momento da comemoração jogou indiretas ao e-clube “Eu sou campeão, e ele (Paulo Victor) também! Nós cheiramos a título! Nós cheiramos a título!”, disse, ainda no gramado.

 

Ele lembrar do Flamengo, na hora de comemorar um título de Libertadores por outro time, pode significar uma grande paixão ou dor de cotovelo.